top of page
  • Foto do escritorAcademia de Amadores de Música

Recitais na AAM | Ana Ferreirinho

A Academia de Amadores de Música apresenta, sábado dia 5 de Março um recital com Ana Ferreirinho. Às 18h na Sala Tomás Borba.

Programa

D. Scarlatti

Sonata K.296 (Andante) Sonata K.497 (Allegro)

F. Schubert

Drei Klavierstücke, D.946 Allegroassai Allegretto Allegro

C. Debussy

Estampes Pagodes La Soirée dans Grenade Jardins sous la pluie

 

Ana Ferreirinho iniciou os estudos musicais e de piano aos 5 anos, com Madalena Sá Pessoa. Ingressou na Academia de Amadores de Música (Lisboa) aos 10 anos, onde concluiu o Curso Secundário de Música com a Profa Daniela Ignazzitto. Durante este período, teve ainda aulas com Teresa da Palma Pereira e Adriano Jordão.

Licenciada em Piano para Música de Câmara e Acompanhamento na Academia Nacional Superior de Orquestra (Metropolitana), tendo concluído os estudos com Paulo Oliveira. Estudou ainda com Artur Pizarro, Alexei Eremine e Paulo Pacheco.

Participou num Curso de Aperfeiçoamento de piano com Fausto Neves (Academia de Amadores de Música) e na Semana Internacional de Piano de Óbidos (2018), onde frequentou masterclasses, por exemplo, com Josep Colom, Jura Margulis e Manuela Gouveia. Participou também na V Edição do EPTA Piano Festival & Masterclasses – Ponte de Lima (2019), tendo estudado com Heribert Koch e Luís Pipa.Obteve o 2o prémio na categoria “piano a 4 mãos” (1o prémio não atribuído), no Concurso Internacional de Música “Cidade de Almada” (2016).

Em 2020 ganhou uma bolsa de mérito para frequentar a VI Edição do Verão Clássico – Festival e Academia, onde estudou com Henri Sigfridsson e Filipe Pinto-Ribeiro.

Fez parte de várias iniciativas musicais, nomeadamente como coralista, com destaque para as óperas “A Rainha das Abelhas” de Sérgio Azevedo, no Teatro da Trindade (2010), “Carmen” no Teatro Nacional de S. Carlos (2011) e na Cantata “Saint Nicolas” de B. Britten, no Teatro Camões (2014). Como solista (piano) atuou ainda com a Orquestra de Câmara da Academia de Amadores de Música (Lisboa). Tem também integrado vários grupos de música de câmara.

Em 2018 e 2019 participou em diversos concertos com a Orquestra Sinfónica Metropolitana e com a Orquestra Académica Metropolitana, nomeadamente no Auditório da Reitoria da Universidade Nova de Lisboa, no Fórum Municipal Luísa Todi (Setúbal), no Grande Auditório do Centro Cultural de Belém e no Auditório Nacional de Música em Madrid, entre outros.

Recentemente, já em 2022, atuou também como pianista convidada da Orquestra Metropolitana de Lisboa na produção luso-brasileira da ópera Orphée, de Philip Glass, no Grande Auditório do Centro Cultural de Belém. Como professora de piano tem lecionado em várias instituições de ensino, no distrito de Lisboa.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page